Contactos  |  Ajuda
Logo Portal da Habitação
   
 

Co-financiado por: POSC  
Fundos Estruturais CE
 Município da Loulé
 
» ARU do Centro Histórico de Loulé  » ARU do Bairros Da Graça, São Domingos E São Francisco  » ARU do Centro Histórico De Quarteira   


 » ARU DO CENTRO HISTÓRICO DE LOULÉ
 
  Loulé_ARU-CentroHistórico_Foto1 Loulé_ARU-CentroHistórico_Foto2 Loulé_ARU-CentroHistórico_Foto3
 
A ARU compreende todo o perímetro Intramuros, a Mouraria e o espaço público envolvente constituído pela Praça da República, Largo Gago Coutinho, Avenida Marçal Pacheco, Praça D. Afonso III, Rua da Barbacã e Largo Dr. Bernardo Lopes. Possui uma área de 7,6 hectares, 27 quarteirões e uma população residente de 440 habitantes, constituída por 229 famílias, de acordo com o Censos de 2011. Integra parte da Zona Especial de Proteção. Apresenta uma morfologia urbana onde a linha das muralhas, de que persistem alguns troços, constitui o limite/barreira à expansão do casco antigo, a norte, a poente e a sul. Apenas a nascente a construção do mercado (inicio séc. XX) provocou uma importante renovação do tecido urbano medieval e consequente desenvolvimento.

 
  Loulé_ARU-CentroHistórico_Planta
Enquadramento Legal
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Situação do Processo
ARU E ORU APROVADAS
Consulta do Processo
http://www.cm-loule.pt/
 
Operação de Reabilitação Urbana
 

Entidade Gestora
Câmara Municipal

Processo de Constituição
 Instrumento Próprio

Âmbito Temporal
8 anos 

Aprovação da Câmara Municipal 
2014-07-09

Aprovação do IHRU
2014-07-25

Aprovação da Assembleia Municipal 
2014-11-27

Publicação DR II Série
Ultima atualização: 2016-03-10



 » ARU DOS BAIRROS DA GRAÇA,  SÃO DOMINGOS E SÃO FRANCISCO
 
  Loule_ARU-BairrosGracaSDomingosSfrancisco_Foto1   Loule_ARU-BairrosGracaSDomingosSfrancisco_Foto2  Loule_ARU-BairrosGracaSDomingosSfrancisco_Foto3
 
ARU dos bairros da Graça, S. Domingos e S. Francisco com 22ha engloba 63 quarteirões, com edifícios muito diversos na tipologia, formas de ocupação ou período de construção, na sua maioria, estão em bom estado de conservação, embora muitos devolutos em ruína ou a necessitar de intervenção profunda. O Bairro da Graça a nascente toma o nome do convento, e seria habitado por classes mais desfavorecidas, o Bairro do Alto de S. Domingos recorda a ermida desaparecida e seria habitado por classe média. Estes bairros correspondem à expansão extramuros nos sec. XV/XVI. Já o Bº de S. Francisco traduz a expansão do sec. XIX e tem um traçado ortogonal. A área delimitada sofreu ao longo dos tempos intervenções avulsas que têm contribuído para a sua descaracterização. O espaço público, deveria privilegiar o peão em detrimento do automóvel e ter um caracter mais tradicional. Com esta delimitação, procura-se assegurar um melhor aproveitamento das potencialidades e oportunidades presentes, a sua valorização e respetiva integração na dinâmica económica e social de Loulé, num quadro de reabilitação e requalificação sustentada.

 
 

Loule_ARU-BairrosGracaSDomingosSfrancisco_Foto4

Loule_ARU-BairrosGracaSDomingosSfrancisco_Planta

Enquadramento Legal
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Situação do Processo
ARU E ORU SIMPLES APROVADAS
Consulta do Processo
http://www.cm-loule.pt/
 
Área de Reabilitação Urbana
 

Entidade Gestora
Câmara Municipal

Processo de Constituição
 

Âmbito Temporal
3 anos 

Aprovação da Câmara Municipal 
 

Aprovação do IHRU
2016-01-25

Aprovação da Assembleia Municipal 
2016-07-15

Publicação DR II Série
Ultima atualização: 2018-02-15



 » ARU DO CENTRO HISTÓRICO DE QUARTEIRA
 
  Loule_ARU-CentroHistoricoQuarteira_Foto1    Loule_ARU-CentroHistoricoQuarteira_Foto2    Loule_ARU-CentroHistoricoQuarteira_Foto3
 
A ARU do Centro Histórico de Quarteira, com 13ha, compreende o núcleo antigo em torno da Igreja de N. Sra. da Conceição e todo o espaço cultural envolvente ligando pelo eixo da R. Vasco da Gama ao núcleo antigo da zona da Lota, Mercado e Largo das Cortes Reais, englobando 28 quarteirões com edifícios muito diversos na tipologia, formas de ocupação ou período de construção, na sua maioria, em bom estado de conservação, embora muitos devolutos em ruína ou a necessitar de intervenção profunda.
A morfologia urbana é densa, com o espaço público reduzido ao essencial para se circular e aceder aos edifícios com vários conflitos em termos viários e pedonais, estacionamento desregrado, barreiras arquitetónicas, etc. Com esta delimitação, procura-se assegurar um melhor aproveitamento das potencialidades e oportunidades presentes, a sua valorização e respetiva integração na dinâmica económica e social de Loulé, num quadro de reabilitação e requalificação sustentada.

 
  Loule_ARU-CentroHistoricoQuarteira_Planta
Enquadramento Legal
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Situação do Processo
ARU APROVADA
Consulta do Processo
http://www.cm-loule.pt/
 
Área de Reabilitação Urbana
 

Entidade Gestora
Câmara Municipal

Processo de Constituição
 

Âmbito Temporal
3 anos 

Aprovação da Câmara Municipal 
 

Aprovação do IHRU
2016-01-25

Aprovação da Assembleia Municipal 
2016-07-15

Publicação DR II Série
Ultima atualização: 2018-02-15

 

 

Sobre o Portal | Avisos Legais | Política de Privacidade
Actualizado em 2016-02-18 | 1.6.4
Em conformidade com o nível 'AA' das WCAG 1.0 do W3C [D] Símbolo de Acessibilidade na Web  Portal da União Europeia