Contactos  | 
Logo Portal da Habitação
   
 

 

Co-financiado por: POSC  
Fundos Estruturais CE
 
 
Projetos Co-financiados 2020

 
Reabilitação integral do Bairro Social de Pinto Balsemão, em Mirandela
 
 
barra_feder
 
Designação do projeto
Reabilitação integral do Bairro Social Pinto Balsemão -Mirandela
Código do projeto
Operação NORTE-05-4943-FEDER-000079
   
Objetivo principal
Reabilitar o conjunto edificado do bairro, integrando esta intervenção nas iniciativas a implementar pelo Município de Mirandela na reabilitação e qualificação dos espaços exteriores, de forma contextualizada e integrada no espaço urbano, de modo a aumentar o bem-estar, o nível de conforto e a autoestima dos agregados que nele habita.
Região de intervenção
Mirandela
Entidade beneficiária
IHRU - Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, I. P.
     
Data de aprovação
06-03-2018
Data de início

Data de conclusão
 
     
Custo total elegível
485.294,10 €
Apoio financeiro da União Europeia | FEDER
412.499,99 €
 
Apoio financeiro público nacional 
/regional no caso de se aplicar
NA
 
   
Objetivo
 
Na reabilitação da envolvente exterior:
a. Aumento da eficiência energética do edificado, com o recurso à aplicação de materiais que, ao salvaguardar essa mesma envolvente, são indutores da qualificação e melhoria do seu desempenho e conforto dos que aí residem.
b. Aumento da qualidade do ar no interior das habitações com o recurso a sistemas passivos de renovação do ar.
c. Minimizar a degradação do sistema estrutural do edificado, anulando a permeabilidade dos paramentos exteriores quando sujeitos à incidência de águas pluviais.
d. Aumento do conforto acústico associado ao revestimento da envolvente exterior dos paramentos e dos vãos exteriores.
e. Aumento do conforto visual do edificado permitindo a sua integração no tecido urbano.
 
Na renovação das infraestruturas
a. Melhoria do desempenho do sistema de abastecimento de água, da qual resultará a prevenção de desperdícios, tendo em consideração que sistema existente atingiu o limite de durabilidade, encontrando-se num estado de grande fragilidade e consequentemente vulnerável a ruturas.
b. Melhoria na racionalização do sistema de distribuição de gás às habitações, tendo em consideração que a rede existente se encontra em processo de deterioração, contributo fundamental para a prevenção de riscos de fugas e minimizar o risco de acidentes que possam resultar das mesmas.
c. Melhoria do sistema de distribuição de energia elétrica às habitações, nomeadamente com a introdução do sistema de proteção TERRA, inexistente na rede de distribuição atual.
 
Atividades
 
Coberturas - prevê-se a remoção integral do revestimento existente, sendo este revestimento substituído, na íntegra, por painéis do tipo “sanduíche” em chapas perfiladas de aço galvanizado com poliuretano, para da qualificação das habitações no que se refere ao conforto térmico das mesmas, prevendo-se ainda a beneficiação das chaminés e outras ventilações com atravessamento da cobertura, bem como a execução das rufagens necessárias por forma a ser assegurada a perfeita estanquicidade da totalidade das superfícies que constituem as coberturas. Prevê-se ainda a substituição integral do sistema de recolha e condução das águas pluviais das coberturas;
 
Paredes exteriores - Ao nível dos paramentos opacos exteriores, será aplicado o sistema de isolamento térmico pelo exterior com a aplicação de placas em poliestireno expandido com um mínimo de 0,06 m de espessura grampeado aos panos de fachada, reboco armado com fibra de vidro sobre o qual será aplicado um primário à base de água e acabadas as superfícies com revestimento;
 
Vãos exteriores - Substituição integral, com aplicação de nova caixilharia com ventilação incorporada a executada em alumínio termolacado de desenho semelhante ao existente, bem como colocação de estores em PVC com “caixa compacta” incorporada no sistema de funcionamento dos mesmos. De igual forma, serão substituídos com novo desenho, os vãos de porta de acesso ao interior dos edifícios, com inclusão das caixas de correio por forma a permitir o acesso direto pelo exterior, bem como do sistema de audio porteiro com ligação a cada uma das habitações. Prevê-se ainda a execução de uma estrutura em perfilados metálicos com acabamento com grelhas de chapa quinada de alumínio anodizado à cor natural, para ocultação da secagem de roupa no exterior do edificado;
 
Renovação de ar do interior das habitações – introdução de elementos de ventilação passiva das habitações, nomeadamente com a utilização de grelhas associadas às caixilharias em zonas húmidas (lavandarias e cozinhas), e do sistema de ventilação controlada associada às caixilharias de salas e de quartos, e a inclusão de sistemas de exaustão que possam complementar os sistemas passivos na remoção de ar com elevado grau de humidade;
 
Áreas comuns – pintura de tetos e de panos de parede, beneficiação geral de portas de entrada das habitações na qual se inclui a pintura das mesmas, beneficiação e tratamento dos corrimãos existentes com acabamento a pintura e reparação do pavimento existentes na entrada, degraus e patamares;
 
Infraestruturas | Abastecimento de água – Remodelação integral do sistema de abastecimento de água às habitações, incluindo a anulação dos contadores atualmente instalados no seu interior e instalação de novos em bateria, a instalar em armário próprio, no patamar da entrada das partes comuns, substituição da rede de ligação às habitações a executar em tubagem de aço inox a instalar, à vista, a partir de cada contador instalado na bateria até ao ponto de ligação com a rede interna de distribuição de água da correspondente habitação. Nestes trabalhos estão incluídos todos os acessórios necessários ao seu correto funcionamento, nomeadamente o fornecimento e aplicação de válvulas de segurança e de válvulas redutoras de pressão, obrigando-se a respeitar o estipulado no Regulamento Geral dos Sistemas Públicos de Distribuição de Água e de Drenagem de Águas Residuais;
 
Infraestruturas | Rede de gás – Reparação pontual da rede de distribuição de gás de cidade às habitações incluindo tubagens, acessórios, válvulas de corte individuais e de entrada nas habitações bem como execução de proteção mecânica da tubagem;
 
Infraestruturas | Instalações elétricas – Remodelação geral da rede de distribuição de energia elétrica às habitações incluindo a substituição de caixas de colunas, a remodelação de quadros de colunas, a substituição dos quadros elétricos em cada uma das habitações, execução de circuito de terra de proteção com inclusão de elétrodos de terra, execução de quadro para a instalação dos serviços comuns, bem como de todo o sistema de iluminação das caixas de escada com o fornecimento e execução de circuito de iluminação, o fornecimento e aplicação de botoneiras e de luminárias. Inclui-se ainda toda a rede necessária à instalação e funcionamento do sistema de áudio porteiro com ligação a cada uma das habitações;
 
Infraestruturas | Instalações de telecomunicações – Reformulação da rede telefónica instalada com a substituição de enfiamentos incluindo todos os acessórios necessários ao seu normal funcionamento, com o fornecimento e aplicação de uma tomada por habitação. No que se refere ao circuito de fornecimento de sinal TV, este será integralmente reformulado incluindo-se a substituição integral de antenas, cablagens, repartidores, bem como o fornecimento e instalação de uma tomada para a receção de sinal em cada habitação.
 
Resultados Esperados
 
  • Melhorar o conforto térmico e acústico das habitações permitindo a melhoria da qualidade de vida dos moradores;
  • Diminuição da fatura energética dos moradores, que tem especial impacto pelo facto de se tratar de famílias carenciadas;
  • Melhorar a qualidade do ar no interior das habitações com a introdução de sistemas passivos de ventilação;
  • Aumentar a durabilidade do edificado, salvaguardando o normal funcionamento e resistência do sistema estrutural das construções;
  • Anulação do estigma social associado a populações residentes em edificado degradado;
  • Anulação do conceito de gueto associado ao local com a qualificação da envolvente integrada do espaço envolvente e da sua higienização;
  • Incremento da autoestima da população residente resultante da qualificação do edificado que habita;
  • Integração qualificada dos conjuntos edificados na malha urbana, com particular incidência com nas frentes urbanas com que confronta;
  • Fator indutor à anulação do estigma associado ao conceito de Bairro Social, sendo este uma mais-valia para o sociabilizar com as populações residentes na envolvente próxima;
  • Qualificação das relações de vizinhança entre os residentes no conjunto edificado a reabilitar com os residentes no edificado na envolvente próxima;
  • A qualificação do edificado e da envolvente próxima tornar-se-à um fator indutor para a criação de dinâmicas associadas à instalação e fixação de serviços e de comércio;
  • Qualificação da imagem urbana com a anulação do desconforto dos utilizadores da rede viária urbana que confronta com o objeto e o espaço exterior a ser reabilitado.
 
 
Antes da Intervenção
  vista_parcial_pinto balsemao_mirandela
 
  pormenor_pinto balsemao_mirandela   pormenor_escadas_pinto balsemao_mirandela
   
 
Durante a  Intervenção
 
 Obra ainda não iniciada.
 

  

 

 

Sobre o Portal | Avisos Legais | Política de Privacidade
Actualizado em 2016-02-18 | 1.6.4
Em conformidade com o nível 'AA' das WCAG 1.0 do W3C [D] Símbolo de Acessibilidade na Web  Portal da União Europeia